quinta-feira, 29 de janeiro de 2015

30 de Janeiro: Dia Internacional da Não-violência Escolar e da Paz

No dia 30 de Janeiro, celebramos o Dia da Não-Violência Escolar e da Paz, uma iniciativa do poeta, pedagogo e pacifista espanhol Llorenç Vidal.
Desde 1964, que a celebração deste dia pretende sensibilizar para a tolerância, solidariedade e respeito pelos outros.
Porquê a escolha do dia 30 de Janeiro?

A escolha da data não foi ao acaso, mas por que este foi o dia do assassinato de um dos maiores defensores da paz, da não-violência, da justiça e da tolerância entre os povos: Mahatma Gandhi.


Encontro com a Escritora Margarida Fonseca Santos - Textos dos alunos

Poesia em 77 palavras
AZUL, uma das 7 palavras do nosso projeto "7 palavras, Quantos Caminhos?"

Pássaro-azul

Se eu fosse um pássaro-azul
voaria entre as nuvens
voaria sem destino.
Só seguia o meu coração
E, também o meu caminho.
Não pensava em problema nenhum
esse seria o meu lema.
Voaria para sul, para norte e para este
sempre com desafios,
minha vida seria um teste.
Só com a minha força contaria
Pois, com ela o maior problema enfrentaria.
Era eu contra a maioria
mas ninguém me ganharia
o jogo, não é para ganhar lotaria.

Helton Cardoso, 7ºD

Desafio 77 Palavras  - Margarida Fonseca Santos, Uma questão de azul-escuro.

Texto elaborado com as palavras-chave sublinhadas, relacionadas com a obra,  e sugeridas pela biblioteca (violência, intervalos, azul-escuro, pesadelo, professora, alunos) .

Era uma vez uma menina chamada Patrícia, ela sofria de violência em casa.
Todos os dias nos intervalos, ela não brincava com os alunos. Sentava-se numas escadinhas e olhava para o céu que estava azul-escuro, parecia que o céu estava a sentir a sua grande dor. Patrícia já estava farta de sofrer e decidiu contar à professora o pesadelo, que ela todos os dias vivia.
Desde então, com ajuda da professora Patrícia nunca mais sofreu de violência


Dialikatou Bah, 7º D

quarta-feira, 28 de janeiro de 2015

Encontro com a Escritora Margarida Fonseca Santos - Textos dos alunos



A escritora Margarida Fonseca Santos tem no seu Blogue um espaço para todos aqueles que aceitarem o desafio de escrever textos em 77 palavras. 
Os nossos alunos aceitaram o desafio. Apresentamos alguns dos textos criados por eles a propósito da sua vinda à escola e do estudo da obra Uma questão de azul-escuro.




Desafio 21  Letra B  (de 3 em 3 palavras 1 começada em B )

Uma menina chamada Bianca, sofria muito de bullying, por ser tão bela. Todos invejavam a beleza. Mas por lhe baterem foi ficando mais birrenta. Ficou muito mais bruta, já não era bondosa. A menina revoltou-se batendo, em toda gente. Os pais de Bianca ficaram preocupados, pois Bianca não era assim. Certo dia, a Bianca ficou farta da batalha que ela enfrentava brutalmente todos os dias. Fugiu apressada para bem longe de casa.       

Gabriela Melissa Baptista, 7ºD


A vida de Bruno

Bruno é um rapaz bonito, mas também é brincalhão. Ele é uma boa pessoa e, gosta de batatas, arroz, salada e bife e adora o Barcelona. Ele faz muitos barulhos esquisitos, quando quer. Vai à loja Berska comprar muita roupa. Ele joga muito bem futebol e odeia basquetebol. Estuda muito na biblioteca; em português é bom aluno e, tem boas notas, anda de bicicleta à noite e bebe pouca água. Quando adormece, recebe beijinhos da sua mãe.

Samuel Epifânio 
David Nioca 
TURMA 7º D


Encontro com a escritora Margarida Fonseca Santos


No próximo dia 4 de fevereiro, a escritora Margarida Fonseca Santos estará presente na Biblioteca da escola Sophia de Mello Breyner Andresen.

10.05-11.00 – Turmas do 6ºA e 6ºE
11.00-12.00 – Turmas do 7ºA, B e C
Estarão expostos, no átrio da escola, alguns trabalhos realizados pelos alunos e será feita uma intervenção musical baseada num texto feito e musicado por um grupo de alunos do 7ºD.
Este encontro terá como suporte a leitura, pelas turmas do 6º e 7º ano, da obra Uma Questão de Azul-EscuroEsta atividade integra-se no projeto "7 palavras,quantos caminhos".

sexta-feira, 23 de janeiro de 2015

Percurso Pessoano 12º2ª

Concurso Nacional de Leitura - Alunos apurados para a fase Distrital

 Aluno apurados para a fase Distrital do Concurso Nacional de Leitura

3º Ciclo:                                                         Secundário
- Ândria Carolino Justino 8º 2ª                         - Simão Pedro Pires 11º 1ª
- Carolina Malo Martins 8º 2ª                           - Beatriz Inês Simões   10º 1ª
- Inês Margarida Almeida 7º 3ª                        - Nathália Souza de Moraes 10º 1ª

                                      
                  

quarta-feira, 21 de janeiro de 2015

Concurso Traduzir 2015



Decorreu, no dia 19 de janeiro  a 15.ª edição do concurso de tradução, intitulado «Prémio Traduzir 2015»,  destinado aos alunos do 11.º e 12.º ano. .
Veja  o texto em língua inglesa

Concurso Nacional de Leitura - Fase Escola

Está aberta a 1ª fase do Concurso Nacional de Leitura, para o 3º ciclo e o Secundário.
Consulta  aqui o  regulamento




quinta-feira, 15 de janeiro de 2015

Concurso de Fotografia: 7 Palavras, quantos caminhos?




O Concurso de fotografia subordinado ao tema "7 Palavras, quantos caminhos?" é aberto à participação de todos os Alunos, Encarregados de Educação, Professores e Assistentes Operacionais, do Agrupamento de Escolas Amadora 3, e irá decorrer entre o dia 12 de Janeiro e 20 de março de 2015.
O concurso tem como principal objetivo desafiar a criatividade da população escolar do Agrupamento, através da capacidade de observação, e desenvolver o gosto pela fotografia.
Tem como finalidade eleger sete fotografias alusivas às sete palavras do Projeto “7 Palavras, quantos caminhos?”
FORÇA            AZUL    MEMÓRIA    LUZ    COOL     CHIC     PALAVRA


As fotografias deverão ser enviadas para o email (ligarte@aeamadora3.pt)
 até ao dia 28 de fevereiro.

Para mais informações consulte o site do concurso

Concurso de Fotografia: 7 Palavras, quantos caminhos?

domingo, 11 de janeiro de 2015

Obrigada Kalaf - 10º6 1ª

Ficámos lisonjeados por termos conhecido uma pessoa tão culta.
Kalaf diz conhecer bem o mundo, pois adora viajar. Vive entre Berlim e Lisboa ainda assim não compara cidades porque, na sua opinião, cada uma tem o seu encanto. No entanto, não gosta de cidades sem museus, bibliotecas ou livrarias.
Foi um gosto ter conhecido este poeta cantor, fizemos algumas perguntas a que Kalaf respondeu de forma simpática. Ainda tivémos direito a alguns autógrafos.
Gostaríamos de agradecer ao Kalaf por se ter disponibilizado a comparecer na Fernando Namora.



sexta-feira, 9 de janeiro de 2015

segunda-feira, 5 de janeiro de 2015

Encontro com Escritores na ESFN: Kalaf Epalanga



O escritor e músico Kalaf Epalanga (Buraka Som Sistema) estará na ESFN, no dia 8 de janeiro, em duas sessões para responder a algumas perguntas dos alunos (8º1, 9º4, 10º2, 10º3 e 10º6-1) e assim revelar um pouco mais da personalidade deste “Angolano que seduziu Lisboa”.
As suas obras estarão a venda na biblioteca, com 20% de desconto sobre o preço de capa.